self da Instância

  • Tipo: object
  • Origem: Contexto Nullstack
  • Disponibilidade: client
  • readonly no contexto do client

Ele te dá informações sobre o ciclo de vida da instância e sua key única.

Cada instância recebe seu própio objeto self.

As seguintes keys estão disponíveis no objeto:

  • initiated: boolean
  • hydrated: boolean
  • prerendered: boolean
  • element: HTMLElement
  • key: string

Quando um método do ciclo de vida é resolvido, mesmo que não declarado, uma chave equivalente é setada para true no self.

Se o componente tiver sido renderizado no lado do servidor a chave prerendered continuará como true até que seja finalizado.

A chave element aponta para o seletor na DOM e sua existência só é garantida quando o hydrate está sendo chamado, pois prepare e initiate podem estar rodando no servidor.

💡 Não use a chave element para adivinhar o ambiente, ao invés use environment para isso.

Observar o self é um bom jeito de evitar dar informações irrelevantes para o usuário final

import Nullstack from 'nullstack';

class Page extends Nullstack {

  // ...

  async initiate() {
    this.price = await this.getPrice();
  }

  async hydrate({self}) {
    self.element.querySelector('input').focus();
  }
 
  render({self}) {
    if(!self.prerendered && !self.initiated) return false;
    return (
      <form> 
        <input type="number" bind={this.price} />
        <button disabled={!self.hydrated}> 
          Save
        </button>
      </form>
    )
  }

}

export default Page;

💡 Componentes que estão otimizados em functional components não tem acesso ao self.

key da Instância

  • Tipo: string
  • Origem: Contexto Componente
  • Disponibilidade: client
  • readonly no contexto do client ou depois de definido seu valor como atributo

Ele permite que você persista a instância quando é movida no DOM.

Você pode declarar uma key por instância.

💡 Se você não declarar a key o nullstack irá gerar uma baseada na profundidade da dom.

🔥 As keys não podem começar com "_." para evitar conflito com as keys geradas pelo Nullstack

As keys devem ser globalmente únicas já que o componente poderá ser movido para qualquer lugar da DOM e não apenas entre os componentes irmãos.

Preservando o estado

As keys são úteis para preservar o estado em componentes com estado quando você os move para dentro da DOM.

Isto é especialmente útil para listas com tamanho dinâmico que invocam os componentes.

import Nullstack from 'nullstack';
import Item from './Item';

class List extends Nullstack {

  // ...

  async initiate() {
    this.items = await this.getItems();
  }
 
  render({self}) {
    const componentKey = self.key;
    return (
      <ul> 
        {this.items.map((item) => (
          <Item key={`${componentKey}-${item.id}`} {...item} />
        ))}
      </ul>
    )
  }

}

export default Page;

Instâncias compartilhadas

Você também pode usar as keys para compartilhar a instância entre dois elementos.

Apenas o primeiro encontro da key irá executar o lifecycle.

import Nullstack from 'nullstack';

class Counter extends Nullstack {

  count = 0;

  render({amount}) {
    return (
      <div>
        <button onclick={{count: this.count+1}}>
          {this.count} x {amount} = {this.count * amount}
        </button>  
      </div>
    )
  }

}

export default Counter;
import Nullstack from 'nullstack';
import Counter from './Counter';

class Application extends Nullstack {

  render() {
    return (
      <main>
        <Counter key="a" amount={1} />
        <Counter key="b" amount={2} />
        <Counter key="b" amount={3} />
      </main>
    )
  }

}

export default Application;

Próximo passo

⚔ Aprenda sobre requisicao e resposta do servidor.