Extensão de arquivos NJS

Os arquivos do Nullstack permitem ao Webpack saber quais carregadores usar no momento da transpilação.

Os arquivos NJS devem importar o Nullstack ou uma de suas subclasses.

Se apenas uma subclasse for importada, uma importação Nullstack será injetada no momento da transpilação.

No momento da transpilação, as tags JSX serão substituídas por Nullstack.element.

Essa extensão também permite que o Nullstack faça otimizações em tempo de transpilação, como a injeção de origem.

🔥 Cada arquivo deve ter apenas uma classe declarada.

  • No bundle server, as funções assíncronas estáticas são mapeadas em um registro para segurança.
  • No bundle client, as funções assíncronas estáticas são removidas e substituídas por um método invoke.
  • No bundle client, as funções assíncronas estáticas com o nome começando com "start" (e opcionalmente seguido por uma letra maiúscula) são completamente removidas.
  • Nos bundles server e client, um hash com o md5 do código-fonte original é adicionado na classe.

🐱‍💻 Abaixo um exemplo de arquivo .njs original.

import List from './List';
import {readFileSync} from 'fs';

class Tasks extends List {

  static async getTasks({limit}) {
    const json = readFileSync('tasks.json', 'utf-8');
    return JSON.parse(json).tasks.slice(0, limit);
  }

  prepare(context) {
    context.tasks = [];
  }

  async initiate(context) {
    context.tasks = await this.getTasks({limit: 10});
  }

  renderTask({task}) {
    return (
      <li> 
        <input bind={task.description} />
      </li>
    )
  }

  render() {
    return (
      <main>
        <ul>
          {tasks.map((task) => <Task task={task} />)}
        </ul>
      </main>
    )
  }

}

export default Tasks;

🐱‍💻 Abaixo um exemplo do mesmo arquivo .njs transpilado.

import Nullstack from 'nullstack';
import List from './List';

class Tasks extends List {

  static hash = 'd493ac09d0d57574a30f136d31da455f';

  static getTasks = Nullstack.invoke('getTasks', 'd493ac09d0d57574a30f136d31da455f');

  prepare(context) {
    context.tasks = [];
  }

  async initiate(context) {
    context.tasks = await this.getTasks({limit: 10});
  }

  renderTask({task}) {
    return (
      <li> 
        <input source={task} bind="description" />
      </li>
    )
  }

  render() {
    const Task = this.renderTask;
    return (
      <main>
        <ul>
          {tasks.map((task) => <Task task={task} />)}
        </ul>
      </main>
    )
  }

}

export default Tasks;

Próximo Passo

⚔ Aprenda sobre a renderização no servidor.